Paraty é sempre divina

Este post já deveria ter sido escrito há alguns meses. A saudade de Paraty bateu e para cumprir uma promessa familiar,  não foi nenhum sacrifício voltar à esta cidade que considero uma jóia, não me canso de voltar à ela.  Nossa chegada coincidiu com a festa do Divino e a  cidade toda enfeitada, mas  São Pedro resolveu mandar um pouco de água pra lavar bem a cidade😉 Bem, claro que chuva atrapalha um pouco, mas não impede de curtir aqueles casarões lindos e cafés charmosos. 

Crédito Philipp  Kholer

Crédito: Websurf                            Quando a maré sobe e invade algumas ruas.

A festa do Divino é uma tradição na cidade desde o século XVIII quando é celebrado o Divino Estpírito Santo,  cujo símbolo é a pomba. Fazem a festa religiosa e a profana. Os moradores capricham na decoração, assim como em Corpus Christi.

Me encanta como a cidade está preservada,  é um prazer admirar aqueles casarões tão bem conservados e a não degradação da cidade, apesar de intenso fluxo turístico, brazucas e estrangeiros.

 

 

Na chegada, fomos indicados pelo John, dono da Pousada,  a ir a um restaurante que foi uma ótima dica, o Café do Canal, no Caburê. Eles têm pratos do dia de muito boa qualidade e bons preços.

 

E lá vai a galera ao  Café do Canal.

  

Caburê é um bairro que está cheio de pousadas bacanas e fica pertinho do Centro Histórico.

O Café Pingado é charmoso e ótimo para a parada do expresso. Tem biscoitos caseiros deliciosos, como o de limão e  sanduiches com pão integral feito por eles, djilicia.

 

Está  sempre cheio. Talvez já tenha se mudado para uma loja maior de esquina, ali perto.

Crédito:  Joannis Mihail Mouda

 

Crédito:  Joannis Mihail Mouda

 

Pra mim a ida a Paraty só vale se tiver o passeio às ilhas que lava a alma. No sábado, o sol saiu glorioso e fomos rumo às ilhas.

 

 

Mergulhar naquele mar é uma dádiva, saio nova.

A volta à Paraty pelo mar, no fim do dia é dos cenários mais bonitos e fotogênicos que conheço.

 

Crédito: Divo Nvozel

Paraty sem dúvida é dos programas mais bacanas entre Rio e São Paulo. Há inúmeras pousadas para todos os bolsos e uma grande vantagem que é,  livrar-se do carro, pois caminhar pelo Centro Histórico, não só admirando os casarões centenários, como entrando pelas galerias de arte e livrarias é o melhor programa. Os estrangeiros adoram !

Café Pingado – Rua Doutor Samuel Costa 208, Centro Histórico de Paraty  (24) 3371 8333

Café do Canal – Av. Octavio Gama, 709 (esq. da Ponte Nova) – Caborê – tel: (24) 3371 1940

24 thoughts on “Paraty é sempre divina

  1. Olá
    Gostei muito de rever Paraty, um dos pontos altos da nossa 1ª viagem ao Brasil. Estive lá no dia 24 de Dezembro de 2004.
    Fomos de autocarro público (aliás dois) de Ubatuba (onde uns tios têm uma casa de praia) para lá, e foi uma aventura. Autocarros velhos, motoristas um pouco loucos a guiar imprudentemente, numa estrada cheia de curvas, o povão de pé aos gritos (não de pânico, mais a mandar graçolas – “Quero morrer não!), cheios de sacos de plástico com presentes de Natal.
    Também apnhámos chuva, nomeadamente na parte em que andámos na zona da igreja, o que perde sempre um pouco a graça, no tocante a fotografias.
    Almoçámos no restaurante “Margarida” e adorámos a envolvência, a cozinha, a música ao vivo.

  2. Majô says:

    Isabel,
    Imagino que essa viagem tenha sido cheia de emoções fortes rsrs
    Pela falta de necessidade do carro na cidade, eu tenho ido à Paraty de ônibus (bons) e metade dos passageiros sempre são estrangeiros. A estrada tem paisagens lindíssimas e não estar dirigindo dá para apreciar sem moderação😉
    Por causa da chuva eu também deixei de tirar fotos, por isto busquei algumas fotos no Panoramio.
    Não conheço o Margarida, bom saber.

  3. Esta é uma de minhas pendências, Paraty. Você sabe se em agosto dá para visitar as ilhas e ademais, aproveitar bem o passeio? Digo pelo frio, pela redução de fluxos de barcos, etc.
    Beijos

  4. Majô says:

    Patricia, eu não deixaria de fazer o passeio de barco não. Mesmo no verão a água é fria, mas depois que se pula dentro d’água acostuma. Sempre bom levar agasalho para a volta à tarde. Há uma quantidade enorme de barcos, tanto os saveiros como os pequenos tuc tuc , acho que não vai haver dificuldade para o passeio.

  5. Meilin says:

    Majô, eu estive lá em março, no meu níver, e jantei no Café do Canal, er o único aberto quando chegamos na sexta feira. No sábado eu fui pro Café Margarida, já é uma tradição o aniversário lá. O chef é simpaticíssimo (e lindo também) e sempre faz uma gracinha pra mim e pra mana, que também é peixinha😉

  6. Paula* says:

    Majô que fotos lindas! Puxa…nem acredito que não conheço ainda essa cidade linda! Tenho que ir lá. Bjks🙂

  7. Emília says:

    Ai, Paraty (suspiros), um dos meus lugares favoritos…
    Uma das coisas bacanas sobre a cidade é que dá para fazer muita coisa: andar pelo centro histórico, passear de barco, ir para as praias mais afastadas (tipo São Gonçalo, linda), curtir as cachoeiras…fora que o astral à noite é super romântico, lindo demais.
    Uma sugestão é pegar o barco que vai até o restaurante Kontiki, numa ilha. Boa comida e ambiente incrível…Tem um outro muito bom numa outra ilha, pena que não me lembro o nome.
    Meilin, o Margarida e ótimo, especialmente pelo ambiente em si. Outros muito bons são o Banana da Terra, da Ana Bueno, o Hiltinho, o Merlin o Mago…tem um tailandês bacana também.
    Definitivamente, um dos melhores destinos no Brasil!😀

  8. Majô says:

    Meilin, veja só😉 O café do Canal foi uma grata surpresa. Comida boa, visual dos pratos moderno e preço bom, um BBB. E o Caburê ficou um bairro bem bacana, não muvucado. Quer dizer que passa o aniversário sempre por lá, boa pedida😉

    Paula*, programe-se e vá, vocês vão amar🙂 Não tem como não gostar de Paraty, corre o risco de querer morar lá😉

  9. Majô says:

    Emília, exatamente, é uma cidade digamos versátil. Paraty à noite é um charme com aqueles cafés que colocam velas nas mesinhas, parecem bistrôs parisienses.
    O Kontiki acho que fica na ilha de pedras da 4a foto.
    O Punto Divino também é bom, e o Refúgio é excelente.

  10. Mari Campos says:

    Majozinha, disse tudo já no título: Paraty é SEMPRE divina!!! Dia e noite, charme e história, praias e boa gastronomia…. eu também adoro essa cidade! Beijots😉

  11. Majô says:

    Marizinha, somos combinadinhas, também amo 😆 😆 😆

  12. Carmen says:

    Oi,
    Paraty é sempre divina, mas suas fotos muito mais!!! Qué fotos cada día são melhores!!!
    Beijos e um abraço des de BCN.

  13. Majô says:

    Carmenzita, que bom ver você por aqui🙂 Obrigada, há fotos minhas, mas outras que não são😉 Mas, essa cidade é tão linda que não tem erro, basta clicar !

  14. Cristina says:

    Majô,
    tô a mil pq a 1a edição do meu 1o livro esgotou, daí o editor me pôs pilha para escrever uma versão revisada e mais incrementada e me botei um prazo – 30 dias – para lançar num evento no final do ano. rsrs
    Mas fiquei muito contente de vir aqui dar uma escapadinha e que delícia de post! Estive lá há 7 anos e acho que é o tipo de escapada que é um pouco mais longa, mas vale a pena repetir!

  15. Majô says:

    Cristina, conta pra gente que livro é esse que eu não sabia😦
    Sucesso total então !!!
    Que bom que você veio dar essa escapadinha aqui😉 Precisa voltar mesmo a Paraty, lá é cada vez melhor🙂

  16. Cristina says:

    Eu achei que ia encalhar Majô. Pode deixar que vcs serão todos convidados para o lançamento do “ROI de treinamento – retorno do investimento….”, ou antes ou depois do livro do Riq rsrs
    Voltar a Paraty, conhecer o Egito, a Grécia, a Escandinávia, tantos planos…😉

  17. Cristina says:

    ps: é um livro para quem trabalha em educação, treinamento, capacitação, ou seja, nicho muito específico. Falar de viagens é muito mais abrangente né?

  18. Majô says:

    Cristina, encalhar ou bombar ? É bem específico mesmo, RH.
    Menina, Paraty é ali😉 Egito, Grécia, bom sonhar….

  19. Cristina says:

    É verdade, mas meus 3 sábados próximos são escrevendo, depois 4 dando aula, quem sabe depois, valeu a força!
    O próximo eu acho que vai bombar rsrs

  20. sandramara05 says:

    Olha, um dos meus sonhos é fazer uma viagem pelos centros históricos brasileiros. Parati está na lista dos primeiros. A riqueza cultural do brasil é tão grande que a gente se perde. Fiquei encantada com esse post!!!!

    Bjussssssss

  21. grego says:

    Estava pesquisando coisas com meu nome no google images e achei 2 fotos minhas aqui http://www.panoramio.com/photo/6842565 e http://www.panoramio.com/photo/6845868. Muito legal, fui este fim de semana para Paraty Mirim e seus fiordes tupiniquins.

  22. Priscila (Inquietos) says:

    Estou anotando todas as dicas. Não vejo a hora do feriado chegar.

  23. morhalali says:

    Thant look sooo good!
    Great pics Majô.

    -Sharon

    Pousada Ubatuba

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s