Falando em comida, aí estão os premiados….

Esta semana, foi divulgado o resultado do Prêmio Rio Show de Gastronomia que faz parte do Circuito Rio Show de Gastronomia que está rolando esta semana aqui no Rio, no MAM. Se você quiser saber como foi lá no MAM, a Constance conta pra você aqui.

Nos últimos posts falamos aqui um bocado sobre comida. A Sylvia quando esteve no Rio com o Mario ficou fã dos doces do Kurt, nosso queridinho.

Esse doce, “picada de abelha” é o mais pedido do Kurt.

Os pães do Garcia&Rodrigues, também queridinho da Constance.

O Gula Gula de quem a é fã incondicional, e onde Liciana, Iara e euzinha fizemos nosso 1o. encontro carioca. Elas também provaram o suco do Bibi.

Lugares bacanas onde se come no Rio sem deixar a carteira😉

Passo a vocês o resultado da  premiação em várias categorias, por votação de 15 jurados:

Kurtlevou o prêmio de melhor doce do Rio ! Djilicia.

Garcia&Rodrigues –  melhor  café da manhã com aqueles pães maravilhosos.

Gula Gula – melhor até R$ 40,00 – Sylvia e Mario estiveram várias vêzes.  Elisa e eu batemos ponto ali.

Jobi –  melhor Pé-limpo – onde RastaFlávia e eu abrimos os trabalhos da conVNVenção carioca ;) A Sylvia e o Mario  batiam ponto todos os dias em sua temporada carioca, já eram assim com os garçons😉

Bracarense – melhor Pé-Sujo

Bibi Sucos – melhor Suco

Celeiro – melhores saladas

Troisgros com seu Olympe levou 3 prêmios – melhor restaurante, melhor  francês e melhorrrr chef

Gero – também levou 3 prêmios, melhor restaurante, melhor italiano e melhor serviço

Satyricon – melhor peixe e frutos do mar – pargo maravilhoooso.

Osteria dell’Angolo – melhor entrada

Amir – melhor árabe

Antiquarius – melhor português

D’Amici – melhor italiano

Azumi – melhor oriental

Londra – melhor drink – com o dry martini

Porcão – melhor carne

Capricciosa – melhor pizza

Cervantes – melhor sanduiche – o Riq adora !

Le Vin – novidade

Miam Miam – moderno – aí vai a resenha da Meilino Miam Miam me provoca reações conflitantes: a-do-ro a comida, relamente é criativa e muuuuuito bem feita, mas odeio a pretensa mudernidade, reeditando móveis pé-de-palito (bleargh) de cozinhas populares ou o jeito “despojado” do atendimento. Preferia que eles fossem menos displicentes, menos modernos e menos badalados também, porque esse clima pop atrai muitos deslumbrados.

Nós elegemos vários deles:mrgreen: concordam ?

Bem, ontem na hora do almoço fui experimentar o Le Vin que aparece como novidade e ver se era isso tudo mesmo. Pelo que eu tinha lido na  revista Bons de Garfo do suplemento Rio Show/Gastronomia do Globo, o Gilberto Braga na véspera de mandar seu voto, conheceu o restaurante e se encantou, votando nele nas categorias de melhor francês da cidade e melhor novidade gastronômica do ano. Foi aberto há menos de um ano e há 5 anos faz sucesso em São Paulo. Os donos do restaurante daqui são do Rio.

Fica numa casa pequena  na Barão da Torre, quase esquina de Garcia D’Ávila, por poucos metros em frente ao Alessandro e Frederico.

Tem uma varanda agradável com mesinhas e toalhas de xadrez azul. Escolhi uma mesa na varanda que fica mais simpática ainda, pois a rua é cheia de amendoeiras e dali a gente vê a vida passar.

Os maitre e os garçons atentos. O cardápio inclui clássicos franceses, sanduiches simpáticos e ostras que ficam em bancada na entrada. Eu ia pedir um dos sanduiches que segundo o garçon são servidos em pão aberto com uma salada, mas preferi um prato com mais personalidade e fui de ravioli de pato confit com molho de laranja, ou raviolis de canard confit à l’orange. Avisei ao garçon que não poderia demorar e ele me disse que em 10 ou 12 minutos o prato seria servido. O serviço é um pão da casa com paté também da casa de muito boa qualidade. Quando o garçon trouxe o prato, só de olhar já vi que devia estar perfeito. Explico, os raviolis servidos aqui, em geral têm a massa espessa demais, recheio quase imperceptível e mergulhados em molho demais, o que os deixa pesados. A foto que eu tirei, desculpem ficou horrível, clara demais, talvez pela minha aflição, quando ao ligar a câmera veio a mensagem que ela estava exhausted e quando é assim,  é fim de papo, a bateria já arriou e não consigo mais nenhuma foto.

Os raviolis eram grandes, quando parti já percebi que a massa era fina e o recheio do pato em quantidade suficiente para mordê-lo e sentir seu gosto,  suculento e com o sabor impecável. O molho de laranja no fundo, era coadjuvante dos raviolis, como deve ser. A massa estava no ponto certo, aldente e o recheio, o pato confit, nham. Enfim, foi um prato leve, mas consistente e diria preparado da maneira correta. Completando o relatório. Para sobremesa pedi o Le veritable petit gâteau au chocolat , o verdadeiro petit gâteau ao chocolate. Bem, chegou lindinho na mesa, até com inscrição  Le Vin, em chocolate no prato, o maitre quando trouxe o prato disse “vai ficar bonito na foto” , mas a bateria da Nikonzinha estava arriada, daí no fotos :(  Tá esqueci completamente de usar o celular😉 Estava divino, aquele bolinho de massa fina que quando você parte sai a calda quente de chocolate, acompanhando o sorvete de creme. Eu diria que estava perfeito, mas não chego a afirmar que não comi equivalentes.  Quanto aos preços, vamos lá,  o ravioli de pato a R$39,00 e o petit gateau R$16,00. Só vi que tinha prato do dia  no quadro negro quando estava terminando de comer, a R$38,00 com salada, peixe e doce de abacaxi (não lembro o nome) de sobremesa.

16 thoughts on “Falando em comida, aí estão os premiados….

  1. Patsy says:

    Majô, que delícia heim!

    Quero ir nesse Kurts😀
    Ainda bem que vi esse post depois do almoço. Beijos

  2. Majô says:

    Patsy, precisa ir e tem que ser no sábado !! No domingo não abre😉

  3. Mirella says:

    Esta me dando fome🙂
    bjs

  4. Majô says:

    Ai, Mirella em mim também😉

  5. Meilin says:

    Majô, o Miam Miam me provoca reações conflitantes: a-do-ro a comida, relamente é criativa e muuuuuito bem feita, mas odeio a pretensa mudernidade, reeditando móveis pé-de-palito (bleargh) de cozinhas populares ou o jeito “despojado” do atendimento. Preferia que eles fossem menos displicentes, menos modernos e menos badalados também, porque esse clima pop atrai muitos deslumbrados.

  6. Majô says:

    Meilin, eu ainda não fui ao Miam Miam, mas você falou tá falado, bom saber seu veredicto. Também não gosto de conviver com deslumbrados, acho que tira o clima do lugar :mrgreen:

  7. Sylvia says:

    Hummmm que delicia !!
    Acabei de traçar um sanduba , continuo com fome e cheguei aqui pensando : ai que saudades dos sandubas do Jobi😆
    acho que passamos por lá umas 3 ou 4 noites para um sanduba e uma empadinhas hiper frescas
    d-i-l-i-c-i-a !!!!
    Agora só aqui entre nós : o Kurt é uma covardia né ? Devem colocar alguma poção magica naqueles doces😳

  8. Majô says:

    Sylvia, tudo no Jobi é simples e bem feito. Essas empadinhas de lá são um sucesso. O atendimento também é ótimo. Na matéria sobre o Jobi fizeram referência à simpatia dos garçons que conhecem muitos clientes pelo nome.
    O Kurt deve ter deixado a fórmula da poção mágica antes de morrer🙂

  9. Rosa BSB says:

    Majô, eu gosto quando você coloca os preços, só assim eu fico sabendo se tenho chances de conhecer. Mesmo sendo muito bom, se sair da minha faixa de consumo, não dá, a conta prazer x conta no vermelho não fecha, fica indigesta. Até 50 reais por pessoa/almoço ou janta é o suportável no meu orçamento, nada mais que isso.

  10. Majô says:

    Rosa, eu comparei os preços do Le Vin com outros do mesmo padrão, ele está na média.
    O ravioli de pato como disse, em qualidade foi acima da média, o pato e a massa estavam muito bons.
    Sobremesas são caras em restaurantes, pode-se pular se a gula não for grande😉
    O prato do dia é interessante por 38 reais, salada, o peixe era o St Peter que eu adoro e ainda a sobremesa. Preço final com café e gorjeta sairá por 50 reais.

  11. Sylvia Lemos says:

    Rosa , a conta no Jobi , Kurt , Gula Gula nunca passou dos 30 por pessoa.

  12. O Circuito Rio Show tava o máximo! Estive lá na quinta e na sexta. Aulas incríveis, quiosques deliciosos… Você esteve lá, Majô?

  13. Majô says:

    Constance, eu estava programada para ir no sábado, mas não deu tempo😦 Eu li que as aulas foram o máximo.

  14. Liciana says:

    Majô, que saudade de vc!!!
    Faz tanto tempo que não venho aqui, aliás que não vou a quase nenhum blog…
    Adorei todas as novidades que li aqui hoje e fiquei com mais vontade ainda de voltar logo para o Rio e vc é o máximo como anfitriã, toda antenada e descolada.
    Tenho um amigo que toda vez que vai ao Rio se hospeda no Ritz e adora. Um dia vou cacifar.
    Fiquei morrendo de vontade de voltar ao Gula Gula, de tomar suco no Bibi, de provar as saladas do Celeiro (eu e Iara fomos somente visitar o restaurante).
    Mas o post que mais me assanhou foi o das bicicletas. Quando estive no Rio queria muito alugar uma bike, mas me pediram R$ 15,00 a hora. Achei absurdo!
    Como essa novidade só vai estar disponível a partir de novembro, já começo a achar que além do finde da conVnVenção vou ter que voltar ao Rio mais rápido do que imaginava!
    Gracinha o relato da Elisa. Lindas as flores. Tudo me trouxe alegria e me fez sentir saudade – que não é necessariamente uma sensação triste, ao contrário, nos aproxima lembranças, prazeres, pessoas queridas.
    bj, aliás 2 bjos grandes / Li

  15. Liciana says:

    Leia-se tomar suco no Bibi, ok?

  16. Majô says:

    Li, adorei sua passada por aqui e seu comentário tão bonito🙂 Também tô morrendo de saudades, mas logo logo você estará por aqui.
    Que bom que você gostou dos posts, é tanta notícia ruim nos jornais, é preciso um refresco😉
    Nem fala, que você é a melhor hostess de Sampa, já disse.
    Pois é, o Ritz tá mesmo muito bacana todo reformado.
    Quanto às bikes, acho que até o fim do ano esse esquema deva estar funcionando no Rio. Se o Gabeira for eleito com certeza.
    Que bom que as lembranças do Rio são bacanas, também tenho ótimas recordações de nossos encontros no Gula Gula e na Travessa. Smack pra você.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s