Bora torcer pro Rio

33559433

Rio 2016 !!!!

rio_2016_diving

rio 2016

olimpiada10

-olimpiada11

Explode coração !

olimpiada04

olimpiada03-1

DSCN3678

Tã tã tã,  daqui a 3 dias será escolhida a cidade que sediará os Jogos Olimpícos de 2016.  Claaaro que torço pelo nosso Rio que amo de paixão com suas belezas e também suas mazelas.

Uma cidade que nos oferece de graça, praia, lagoa e montanhas, de quebra um povo acolhedor,  pra mim é um luxo !!!

Nosso querido Riq fez este post com um video super bacana. Como nosso guru, acho que esta pode ser a Olimpíada mais bonita de todos os tempos.

Enquanto a 6a  não chega,  que tal você nos dizer que lugar do Rio é o seu preferido 😉

DSCN3662

DSCN3664

Cidade Maravilhosa que nos encanta  mar,  verde, praia,  lagoa  e enfeitiça com sua beleza.

E aí está o video que a CarlaZ nos trouxe

Bora torcer pro   Rio2016 uhuuuu !!!!!

Meu lugar preferido no Rio:

Cristina: meu lugar preferido é um cantinho atrás do aeroporto SDU de onde se tem uma vista não comum da cidade. Caminho até lá e fico a pensar na vida.

CarlaZ: meu lugar preferido do Rio é a Lagoa…não tem jeito!
Sei que as vêzes não damos muito bola…é o caminho diário pra casa…tem engarrafamento…aquela insuportável árvore de Natal…mas eu AMO a Lagoa.

Malu: o lugar que eu mais adoro no Rio vai do Arpoador até o Leblon. Andar naquele calçadão no final da tarde é um prazer renovado a cada ida ao Rio.

Marcie:  lugares favoritos: Santa Teresa, Leblon, Arpoador. Sabe que durante muitos anos eu era sócia do Paissandú, na Afrânio de Mello Franco? Ia muito pa lá.

Meilin: meus lugarezinhos bacanas: a pista de CAMINHADA Caminho do Bem-te-vi, na Urca; e à noite na sexta, o ensaio do bloco carnavalesco Escravos da Mauá, no Largo da Prainha, Praça Mauá. Tudibão.

Paula*Majô, acho que não tenho um preferido, mas alguns…
Tomar café no Parque Lage, andar de bicilceta na Lagoa, ver o pôr do sol no arpoador, visitar o centro do Rio aos finais de semana (com direito a uma visitinha ao CCBB), é tudo bom demais! Né não?!?!

Isabel O. PortugalOs meus sítios? Estive tão pouquinhos dias…
Vou atirar: Um cantinho junto à água no Bairro da Urca (disseram-me que era a rua onde o Roberto Carlos tinha ou teve casa. será?). Tão sossegadinho!

O Forte de Copacabana (ficar na muralha a pensar se é verdade, se à minha frente estavam o famoso calçadão, Copacabana… o mar só até então visto em imagens. Foi o 1º lugar onde pousámos, na primeira saída do hotel, vestidos à “locais”, o mais pobrinhos que podíamos, e depois era só ver madames a sair dos carros para tomar o lanchinho na confeitaria, acompanhadas de moças vestidas de branco; cá é mesmo raro algum empregado doméstico andar fardado… fartámo-nos de rir)

Centro Cultural Carioca – dançar e conviver. Foi uma alegria até mais não!

O alto do Aqueduto onde passa o Bonde de Sta Teresa. Foi uma emoção e tanto!

Riq : Ah, Majô, meu canto mágico número 1 do Ríiiio é o trecho do Aterro que fica mais próximo do Pão de Açúcar. Tanto na ida quanto na volta, de dia ou de noite (quer dizer, no tempo em que o P.A. era iluminado) eu preciso me segurar pra não chorar

Maryanne hotelcaliforniablog.wordpress.com : Arpoador, olhando pra pedra da gavea e 2 irmaos. Nao tem vista mais linda no mundo.

Advertisements

Roberta, um ballet suave

Há muitos anos acompanho a trajetória da Roberta Sudbrack, bem jovem foi chef de cozinha do Alvorada no governo de Fernando Henrique. Os menus dos jantares e almoços revelavam além da  simplicidade, sua preocupação em dar destaque aos produtos nacionais, seja a grandeza do chuchu ou do picadinho, simples assim.  Os anos se passaram, depois de FHC  ter deixado o governo,  a Roberta abriu seu restaurante aqui no Rio, o Roberta Sudbrack, instalado numa casa laranja no Jardim Botânico.

DSCN5519-3

Continuou sendo a chef preferida do nosso querido ex-presidente e sua família que convocava a Roberta cada vez que o casal vinha ao Rio, e ela sempre tão discreta e simples quanto a família FHC.

Há pouco tempo, a Roberta aderiu ao twitter e diariamente exala entusiasmo e vai revelando o passo a passo de sua cozinha. É um terror, pois quase sentimos o cheiro de suas broinhas de fubá e o gostinho de suas tartelettes de chocolate belga que vêm quentinhas para mesa 😉 . Movida por esse frenesi, impossível  resistir e resolvi hoje  reservar para o almoço,  o restaurante da Roberta Sudbrack só pra mim :mrgreen:

DSCN5520

Bem, fui recebida  atenciosamente pelo maitre. Olhei em volta, decoração elegante e discreta, mesas muito bem postas, no canto um vaso com copos de leite que minha mãe adorava.

DSCN5524

O maitre me trouxe o menu que divido com vocês:

DSCN5523

Salada de chicória frisée, abóbora assada e parmeggiano.

Risotto de galinha d’angola e escarola defumada.

Canelonne de maçã e farinha de pistache.

Pra começar o garçon trouxe os tais pães quentinhos com manteiga da casa. Diga-se de passagem  o pão crocante por fora, mas na primeira mordida, eis o miolo macio e a flor de sal, suave,  nos brindando as papilas gustativas.    DSCN5526DSCN5527-1

Daí em diante, começou o ballet. No 1o ato veio a surpresa da chef, muzzarela da casa com raspa de limão siciliano e um pouquinho de azeite no fundo.

DSCN5529-1

A 1a colher que levei à boca, o queijo desmanchou-se de tão leve e o molhinho de uma suavidade  que faziam um verdadeiro pas de deux. Fui aos pouquinhos me deliciando e tentando sentir todo o sabor suave do queijo com a raspa de limão, molhadinhos no azeite. Divino, divino, nham

Um pouco depois me trouxeram um  pâté de campagne que estava corretíssimo.  A foto não saiu muito boa.

O serviço discretíssimo e atento. Em seguida, me trouxeram  a entrada,  salada de chicória de  folhas novinhas, novinhas, cubinhos de abóbora assada, sementes da abóbora assadas e parmeggiano que de tão finos pareciam renda.  Ao iniciar a degustação da salada, fui agradavelmente surpreendida pelo contraste do amarguinho da chicória com a doçura da abóbora assada que adoooro e as amêndoas quer dizer, sementes de abóbora que eu diria,  são primas do amendoim e da amêndoa. O molho complementava perfeitamente o trio e também  de uma suavidade e delicadeza que me encantou.

DSCN5531-1

No 3o ato do ballet veio à mesa o risotto de galinha d’angola e escarola defumada.

DSCN5533

Eu diria que estava satisfeita, mas continuando o risotto, um prato mais consistente, mas leve e suave como tudo que veio à mesa.  Este risotto tinha mais caldo que  o usual, tornando o prato mais leve. O caldo estava saborosíssimo, deve ter sido preparado por hooooras e com condimentos na medida certa. A galinha d’angola também saborosa e suculenta. Um prato perfeito para mim.

Finalizado o prato, veio mais uma surpresa da chef, doce de leite com queijo gruyère. O doce de leite, pouquíssimo doce e leve, levíssimo contrastando com o gruyère, djilicia.

DSCN5534

Um pouco depois que cheguei ao restaurante,  pedi ao maitre papel e escrevi  um bilhete para Roberta, cobrando minha tartelette de chocolate quente, aviso que já tinha dado ontem no twitter  😉 e ela respondeu que preparavam para mim.

Para minha surpresa, eis que o garçon traz, ao invés do caneloni de maçã, a minha tartellete de chocolate belga, quentinho 😆    Um luxo !!!

DSCN5535-1

Por mais que vocês queiram, não podem imaginar o que é esta tartallete, quando partida, o chocolate derrama quentinho, um delírio gustativo. Acompanhada por um sorvete de leite feito na casa, mais suave impossível.

DSCN5538

E aí, eis que aparece a Roberta, simples como imaginava,  delicada e uma entusiasta de seu trabalho. Eu diria que é uma pesquisadora gourmet, pois faz verdadeiros experimentos em sua cozinha. Não é fusion, não é nouvelle, é a gastronomia marca Roberta Sudbrack e sua equipe nota 10.

DSCN5539

Pra fechar, tinha esquecido do expresso que veio com chocolatinhos.

Bem, a Roberta  recebeu esta semana o prêmio de melhor chef do Brasil pelo Guia Quatro Rodas, merecidíssimo !!

O restaurante fica na rua Lineu de Paula Machado, 916 – tel: (21) 3874 0139

Fotolog da festa pra Marcie

A querida Marcie veio de NY passar 2 semanas em Sampa, pois matar saudades da terrinha é preciso 😉 E, claro  não podia deixar de acontecer uma conVnVenção que pra isso a Flávia Penido abriu os salões pros trips.  Vocês vão achar que abriram a Vogue. Aí estão as fotos que a Marcie já mandou ! Uma pena que muita gente perdeu a chance de estar presente pra abraçar a Marcie, eu inclusive 😦

Marcie 1

Marcio, Marcie, Karina e  Flavia.

Marcie , Julie

Marcie e filhota linda Julie.

Marcie Malu Rogeria

Malu, Marcie e Rogéria, lindas.

Fred, Natalie, Marcie, Cybelle e Rogéria

Fred, Natalie, Marcie, Cybelle e Rogéria.

Marcie e Ciro

Marcie e maridão Ciro.

Fred, Natalie, Rogéria, Paula e Malu-1

Fred, Natalie, Rogéria, Paula Bicudo e Malu.

sala

Natalie, Rogéria e Fred

Natalie, Rogéria e Fred.

Nick, Alexandre, Teté, Carla e Beto

Nick, Alexandre, Teté, Carla2 e Beto.

Malu e Paula

Malu e Paula Bicudo que organizou com Flávia os comes e bebes.

Riq e Flávia

Riq e Flávia Penido.

E aí estão as fotos da Malu:

CIMG1437

Carla2 e Nick

CIMG1438

Marcio del Cimatti e Karina.

CIMG1439

Carla2, Nick, Rogéria, Marcio, Karina e Malu.

CIMG1440

Natalie, Ernesto e Fred.

CIMG1442

Flávia, Ciro, Julie, Marcie e Leoncio ou LordRastajr da ala teen VnV que ajudou Flávia a receber os convidados.

CIMG1444

A família linda.

CIMG1455

Beto e Teté, direto de Santos e Flávi a.

CIMG1446

Fred, Natalie, Marcie, Cybelle e Rogeria.

CIMG1447

Serviço de primeiríssima organizado pela Paula Bicudo e Flávia.

CIMG1448

CIMG1449

CIMG1452

Vistão do apê.

Direto de Istambul por CarlaZ

A CarlaZ que esteve estes dias dando um rolê em Roma, acaba de nos dar notícias fresquinhas de Istambul :

CIMG1051

” ola!!!
nao tenho fotos de tıradentes hehehe mas tenho de ıstambul!!!
saıu nos jornaıs que aquı teve uma mega chuva nao seı quantos mortos e tal mas podem fıcar calmos que nada aconteceu nem comıgo e nem com essa parte da cıdade que a gente frequenta…na verdae nao conseguı muıtas notıcıas nao (afınal o jornal e em turco ne)
To amando!!! Fuı em todas as prıncıpaıs atracoes em um dıa! Da tranquılo! E agora estou maıs relax!
Vır no Ramadan tambem e otımo! Alıas deve ser ate melhor.
Vou saır agora!
Beıjos

Fotoblog baiano

A Sylvia e o Mario continuam em viagem pelo leste brasileiro. Já estiveram em Vitória, Belo Horizonte e agora recém-chegados de Salvador, onde fizeram um roteiro por praias e pousadas de fazer inveja a qualquer ser estressado . Mais do que trips, são  verdadeiros embaixadores VNV.

Itacimirim-1

Itacimirim. Água de coco na sombra do coqueiro e mar morno, tem melhor ?

Pousada da Espera-1

Pousada da Espera .  E esse café da manhã pé na areia ?

PJambo visu do apê-1

Pousada do Jambo – vista do apê.

P1050354-1

Manguezal com Dri e Caetano.

BA Set 09176

Mar Aberto em Arembepe com Eunice.

P1050357-1

Encontro dos trips na praia do forte.

DSC06810_1-1

CarlaZ em Tiradentes

Ontem,  tive um  papo delicioso na hora do almoço  com a CarlaZ que está sempre por aqui,  e a Flavia Penido que aterrissou direto no Talho Capixaba, um pouco antes da Carla embarcar pra Europa.

E do avião ela twitou :

failwhale

Depois de um delicioso almoço com @ladyrasta e @Majozinha quase nao chego no aeroporto! Mas ja tono  aviao. Ufa!

Mas, antes de sair de casa,  a CarlaZ  tirou da gaveta  esse texto da viagem à Tiradentes no feriado de Corpus Christi e me enviou.  Na correria ela não anexou as fotos, mas decidi subir o post mesmo assim e a foto peguei no Panoramio 😉

” Majôzinha, já tinha começado a fazer esse post de Tiradentes e não sei porque não mandei, afinal, foi uma viagem tãaao boa! Mas agora que estou indo para novas viagens e não sei a freqüência que estarei por aqui…você pode ir matando as saudades hehehe

Tiradentes é assim…tudo especial!

Mig13

foto Panoramio

Se me perguntarem o que tem pra fazer lá…realmente não sei…mas tem alguma coisa que deixa a cidade tudo de bom e foi sem dúvida a viagem mais legal dos últimos tempos (e se mais uma vez perguntarem o porque…eu não sei!)

E o povo de lá? Nossa nunca conheci tanta gente e bati tanto papo em viagem…acho que por isso passou tão rápido…

Uma viagem sempre começa pela escolha do destino…e desde que comecei a freqüentar essa vida bloguística VnV, só piorou, afinal tantos lugares tenho ficado com vontade de ir…mas o blog do Arnaldo é o campeão de me deixar morrendo de vontade de viajar e foi assim num domingo qualquer que olhando o blog do Arnaldo decidi: próximo destino Tiradentes.

Mandei umas perguntinhas via twitter e lá no VnV e o Riq fez um post, que aliás ficou muito bom, muitos trips participaram reunindo dicas ótimas, de hospedagem, de restaurantes, de passeios, muito bom mesmo!

A pousada escolhida Villa Allegra, não posso negar, foi pelo preço (pacote de 3 noites R$700,00) e também por dicas “on-line” e “off-line” e não me arrependo. Não era assim no meião, usávamos carro sempre, mas sempre tinha vaga (e olha que era feriado e cidade estava lotada!), mas era bem localizada sim. Os quartos eram bem bons (um pouco barulhentos) e o atendimento ótimo. Todos eram super solícitos, educados, simpáticos… O café-da-manhã era quase bom…sabe aquele café que no primeiro dia você acha ótimo, mas nos outros não acha nada demais…era assim! Mas tinha grande variedade de coisas.

O mimo diferente (pelo menos pra mim) da pousada foi que lavaram o nosso carro. Eu adorei! Foi aquela cena…de passarmos direto pelo carro sem reconhecer de tão limpo…e aí voltar pra ver a placa!

Fui visitar uma pousada de uma trip que deixou comment no VnV, mas ela não estava lá L, mas adorei a pousada (Pousada do Ó). Super super bem localizada, na descida da Igreja da Matriz, num casarão daqueles de lá, e do lado do meu pointzinho, o Empório do Ó. Na próxima vez vou testar.

Cheguei lá doente, com medo de estragar a viagem…e pra variar levei chuva (o guia que fizemos a trilha falou que foi a primeira vez que choveu em Corpus Christi nos 7 anos que trabalha lá, é que ele não conhece a minha fama!), mas mesmo assim deu pra curtir…Andamos por aquelas ruazinhas, igrejas, lojas, ateliês, casinhas o dia todo…uma delícia. A cidade estava enfeitada com aqueles tapetes de Corpus Christi (eu nunca tinha visto!).

Quando caiu uma super chuva fui me abrigar na Casa Padre Toledo, que hoje é um museu, mas dizem que era o lugar que os inconfidentes se reuniam. Estava bem em frente na hora da chuva e entramos para esperar…achei bem legal e foi ótimo que tinha um guia com um grupo lá que não parava de falar e aproveitei pra saber umas fofocas dos inconfidentes!

Aliás o que é a Igreja Matriz de Santo Antônio. Amei! Mas eles podiam cuidar do seu exterior né? Tinha tanto lixo e guimba de cigarro no pátio em frente! Fiquei chocada! Lá também aproveitei muito os guias dos outros hehehe

Na praça paramos para tomar um chopp local no final do dia. Depois ainda passei numa cachaçaria (em frente a pousada Villa Real) para umas 2 doses de cachaças da região…tinham tantas para experimentar…e com direito a muito papo com a dona e o filho.

Recebi uma infinidade de dicas de restaurante, mas e pra conseguir lugar? Era feriado e com direito a dia dos namorados, a cidade estava cheia e quase todo mundo reservava lugar nos restaurantes. Como assim? Ahhh esse é um hábito que não tenho…aqui no Rio não é assim! Mas não me estressei não (aliás não me estressei com nada…foi a viagem mais relax da vida!!!)

No primeiro dia fui no Atrás da Matriz, que como o nome diz é atrás da Igreja da Matriz, foi ótimo, o atendimento uma confusão só (já falei que não me estressava lá?)! Acho que nunca tinham recebido tanta gente! O garçom errou 3 vezes nosso prato e mais o de todas as mesas em volta. Coitado ficou com taanta vergonha! Mas gostei sim.

No dia dos namorados era impossível qualquer lugar…conheci gente que comeu sanduíche na praça! Eu acabei caindo numa dica da Carla, um restaurante de massas que observei nas outras mesas que a porção pra dois não dava, já que todos pediam mais! Então pedi logo 2 pratos!!!

No último dia consegui reservar o restaurante mais recomendações recebi, o Tragaluz (com um esqueminha, mas consegui) e amei! Super recomendo.

Pra almoço comi naquele bando de “mineiros” que tinham pelas ruas, teve um, Sabor de Minas, que meu prato deu 9 reais! E o atendimento foi tão bom! Ainda ganhei café e doce de leite (amo!) no fim.

O que não consegui comer lá foi um pão de queijo gostoso. #decepção

Ah, também tem o Empório do Ó, que é tipo uma delicatessen, vende vinhos, cervejas importadas, queijos importados, e os donos são uns amores!

Fui no trem pra comprar passagem pro dia seguinte…mas lembrei de uma dica da Carla2 (que eu super respeito) na hora e desisti. Eu achei aquele esquema de city tour em São João tão estranho que achei melhor não ir. Fiquei lá na estação, entrei no trem, tirei fotos, conversei com o maquinista e pronto matei vontade de trem!

Fui a São João de carro mesmo e lá passeei pelas ruazinhas a pé. Foi ótima essa decisão, que nesse dia aproveitamos para ir nas cidadezinha em volta, passamos por tantas lojas de móveis, tantas namoradeiras lindas, fomos a Bichinho (que pra quem não vai comprar mesmo é dispensável) e numa fazenda de cana com cachaçaria em Coronel Xavier Chaves. O passeio durou o dia todo…uma delícia!

O outro passeio que eu queria fazer e estava na dúvida entre ir com grupo ou não era a trilha da Serra São José. Fechei com a Uai Trip e não me arrependo, acho que não seguiria aquela trilha sozinha não. É que não é em toda sua extensão marcadinha e logo no início eu ia errar, com certeza!

Eu tenho pânico de grupo, e era um grupo grande (já falei que não me estressei nessa viagem?) mas logo foram formados os grupinhos dos mais fortes (o meu J), dos médios e dos fracos. O meu era ótimo e nos demos muito bem. Bem legal ver a cidade lá de cima, e entender bem depois de um dia lá…afinal a cidade é tão pequenininha…

Foi um ótimo dia, depois ainda fomos tomar umas cervejas diferentes no Empório do Ó com um dos casais e a noite um vinho com outro casal da trilha.

Vocês viram como eu estava simpática? Conheci gente e bati papo em todos os lugares!

E o feriado que fui era realmente uma festa! Além de Corpus Christi, com direito a tapetinho, dia dos namorados com todos os restaurantes lotados, ainda teve procissão de Santo Antônio e festa junina na rua (não era nada demais, só tinha fogueira, algumas comidinhas e crianças dançando quadrilha).

Ai ai…Tiradentes me conquistou…

Cadê o Hugo pra marcar uma conVnVenção lá? “

Beijos Majô! Obrigadinha mais uma vez por estar por aqui.

Malu na praia do Forte e Salvador

A Malu e o maridão estiveram há 2 semanas na Praia do Forte e nos dá todas as dicas:

Primeiro de tudo o Transfer. Por indicação de um amigo liguei de São Paulo para o Jorge, taxista em Salvador. Combinamos de nos pegar no aeroporto e levar para a Praia do Forte. O preço: R$100,00. Estava super preocupada pois tinham pedido R$ 350,00 ida e volta no Tivoli e R$ 309,00 pela TAM Viagens. Ficamos encantados com a educação do Jorge e o contratamos para nos buscar no Tivoli e levar para Salvador. Na volta, ficou R$ 140,00 até o Hotel no Rio Vermelho. Combinamos de nos buscar no Hotel para nos levar no Restaurante Yemanjá (ele ficou esperando e nos levou de volta, só com o preço do taxímetro, sem hora parada). No dia seguinte nos levou no Trapiche Adelaide. Vc liga e ele pega no Hotel a hora que vc quiser. Gente, eu acho essa dica o máximo pois o Jorge é especial e nos livra de um problemão com deslocamentos. O telefone do super Jorge: (71) 9989-9119

 Praia do Forte 1

 1- O Hotel Tivoli Ecoresort Praia do Forte é maravilhoso. Logo na chegada, antes do check in, uma baiana linda entrega uma água de côco e dá as boas vindas.

2- Os quartos à direita de quem chega, são os melhores pois ficam em frente ao gramado, à pista de cooper e depois o mar. Silêncio total. Esses quartos vão do número 100 até 900. O nosso 718 era bem longe da recepção, restaurantes, náutica, kids club etc… que ficam do lado esquerdo. Vc pode chamar o carrinho de golf para ir a qualquer lugar dentro do resort, a qualquer hora do dia ou da noite.

 Praia do Forte 7

 3- Vista da varanda do meu quarto.

 Praia do Forte 2

 4- A cozinha é um capítulo à parte para os amantes da boa mesa. O café da manhã tem mais de 70 itens, com cozinheiros para realizarem todos os seus desejos. No jantar, todos os tipos de peixes e moquecas, mais churrasqueiro, mais o cozinheiro de massas(?), mais as saladas e mais de 30 tipos de sobremesas. Todos os dias, tudo variado, sem repetições. Eu não sou uma gourmet mas meu marido se acabou.

5- Para almoços ou lanches rápidos vc escolhe entre vários bares, restaurantes e “isnáq bárrr”. Divino.

6- Todas as noites tem pocket shows das 21 às 23hs. Tivemos até uma apresentação de um mini Olodum.

 Praia do Forte 3

 7- O gramado, para mim, é o ponto alto de todo o complexo.

 Praia do Forte 4

8- A vila da Praia do Forte está bem arrumadinha, muitos restaurantes e lojas transadas. A limpeza é que deixa a desejar. Não gostaria de ficar numa dessas pousadas pois a rua é muito movimentada, dia e noite. Na praia tem duas pousadas que talvez sejam melhores.

9- O projeto Tamar é muito legal e o pessoal super atencioso.

10- Fizemos um passeio às ruinas do Forte de Garcia D´Avila e é muito triste ver o estado de abandono e a falta de informação.

11- A maior atração de toda a região são as piscinas naturais chamadas de papa gente. Para aproveitar toda a beleza dessa beleza natural é fundamental calçar sapatilhas especiais.

 Praia do Forte 5
Praia do Forte 6

 

12- Salvador: trânsito caótico, praias de águas limpas e areias sujas. Andamos 7km pela orla e visitamos o ótimo Museu Náutico da Bahia, dentro do Farol da Barra. Tem um café excelente com uma vista deslumbrante. Vale o passeio.
13- Jantamos no Yemanjá que, apesar da simplicidade do lugar, tem a melhor moqueca de Salvador. Serviço impecável. No outro dia jantamos no Trapiche Adelaide e foi tudo de bom. No mesmo lugar tem o bar do Trapiche para ir no final da tarde e assistir ao pôr-do-sol mais lindo de Salvador. É o que dizem, não fomos.
Em Salvador, ficamos no Mercure Rio Vermelho por indicação de amigos. Mercure é Mercure e vc sabe o que vai encontrar. A piscina é linda e a vista muito bonita mas, depois de ficar no Tivoli Ecoresort Praia do Forte, nada seria bom. Devia ter seguido o conselho do Riq de sempre deixar para o final o melhor hotel.