Malu na praia do Forte e Salvador

A Malu e o maridão estiveram há 2 semanas na Praia do Forte e nos dá todas as dicas:

Primeiro de tudo o Transfer. Por indicação de um amigo liguei de São Paulo para o Jorge, taxista em Salvador. Combinamos de nos pegar no aeroporto e levar para a Praia do Forte. O preço: R$100,00. Estava super preocupada pois tinham pedido R$ 350,00 ida e volta no Tivoli e R$ 309,00 pela TAM Viagens. Ficamos encantados com a educação do Jorge e o contratamos para nos buscar no Tivoli e levar para Salvador. Na volta, ficou R$ 140,00 até o Hotel no Rio Vermelho. Combinamos de nos buscar no Hotel para nos levar no Restaurante Yemanjá (ele ficou esperando e nos levou de volta, só com o preço do taxímetro, sem hora parada). No dia seguinte nos levou no Trapiche Adelaide. Vc liga e ele pega no Hotel a hora que vc quiser. Gente, eu acho essa dica o máximo pois o Jorge é especial e nos livra de um problemão com deslocamentos. O telefone do super Jorge: (71) 9989-9119

 Praia do Forte 1

 1- O Hotel Tivoli Ecoresort Praia do Forte é maravilhoso. Logo na chegada, antes do check in, uma baiana linda entrega uma água de côco e dá as boas vindas.

2- Os quartos à direita de quem chega, são os melhores pois ficam em frente ao gramado, à pista de cooper e depois o mar. Silêncio total. Esses quartos vão do número 100 até 900. O nosso 718 era bem longe da recepção, restaurantes, náutica, kids club etc… que ficam do lado esquerdo. Vc pode chamar o carrinho de golf para ir a qualquer lugar dentro do resort, a qualquer hora do dia ou da noite.

 Praia do Forte 7

 3- Vista da varanda do meu quarto.

 Praia do Forte 2

 4- A cozinha é um capítulo à parte para os amantes da boa mesa. O café da manhã tem mais de 70 itens, com cozinheiros para realizarem todos os seus desejos. No jantar, todos os tipos de peixes e moquecas, mais churrasqueiro, mais o cozinheiro de massas(?), mais as saladas e mais de 30 tipos de sobremesas. Todos os dias, tudo variado, sem repetições. Eu não sou uma gourmet mas meu marido se acabou.

5- Para almoços ou lanches rápidos vc escolhe entre vários bares, restaurantes e “isnáq bárrr”. Divino.

6- Todas as noites tem pocket shows das 21 às 23hs. Tivemos até uma apresentação de um mini Olodum.

 Praia do Forte 3

 7- O gramado, para mim, é o ponto alto de todo o complexo.

 Praia do Forte 4

8- A vila da Praia do Forte está bem arrumadinha, muitos restaurantes e lojas transadas. A limpeza é que deixa a desejar. Não gostaria de ficar numa dessas pousadas pois a rua é muito movimentada, dia e noite. Na praia tem duas pousadas que talvez sejam melhores.

9- O projeto Tamar é muito legal e o pessoal super atencioso.

10- Fizemos um passeio às ruinas do Forte de Garcia D´Avila e é muito triste ver o estado de abandono e a falta de informação.

11- A maior atração de toda a região são as piscinas naturais chamadas de papa gente. Para aproveitar toda a beleza dessa beleza natural é fundamental calçar sapatilhas especiais.

 Praia do Forte 5
Praia do Forte 6

 

12- Salvador: trânsito caótico, praias de águas limpas e areias sujas. Andamos 7km pela orla e visitamos o ótimo Museu Náutico da Bahia, dentro do Farol da Barra. Tem um café excelente com uma vista deslumbrante. Vale o passeio.
13- Jantamos no Yemanjá que, apesar da simplicidade do lugar, tem a melhor moqueca de Salvador. Serviço impecável. No outro dia jantamos no Trapiche Adelaide e foi tudo de bom. No mesmo lugar tem o bar do Trapiche para ir no final da tarde e assistir ao pôr-do-sol mais lindo de Salvador. É o que dizem, não fomos.
Em Salvador, ficamos no Mercure Rio Vermelho por indicação de amigos. Mercure é Mercure e vc sabe o que vai encontrar. A piscina é linda e a vista muito bonita mas, depois de ficar no Tivoli Ecoresort Praia do Forte, nada seria bom. Devia ter seguido o conselho do Riq de sempre deixar para o final o melhor hotel.

Advertisements